A alopecia é um problema na vida de muitos brasileiros, por isso hoje viemos te explicar o que é e como identificar, além de te dar uma ajudinha para amenizar o impacto desse problema em casa.

A perda constante de cabelo pode gerar diversas preocupações nas pessoas, especialmente na parte estética. Pois, a queda de cabelo pode ser um sinal de algum distúrbio.

É importante observar e se atentar se houver a queda de pelos em outras áreas do corpo, como sobrancelha, cílios, barba, pelos nos braços, pernas e outras partes.

A queda constante de cabelo ou pelos pode ser um sinal de alopecia. Uma condição que afeta inúmeras pessoas ao redor do mundo. Seu tratamento pode amenizar os problemas, porém, a cura ainda não foi encontrada.

O que é alopecia?

A alopecia é uma situação em que acontece uma perda de cabelo do couro cabeludo ou outras regiões de corpo repentinamente. Essa condição faz com que o cabelo caia em quantidades maiores. Com isso, a visualização do couro cabeludo ou da pele que antes era coberta por pelos, se torna mais evidente.

• Alopecia areata

Esse tipo de alopecia pode afetar todos os gêneros e idades, mas, o aparecimento dessa condição aparece com frequência em jovens adultos e adolescentes.

Pode ser considerada uma condição autoimune, que faz com que o sistema imune do corpo ataque os próprios folículos capilares. Sendo assim, a perda de cabelo é irregular.

Manchas de perda de cabelo do tamanho de uma moeda é mais comum surgir no couro cabeludo. Porém, elas também podem aparecer em qualquer outra área do corpo.

• Alopecia por tração

Essa condição é causada por diversos penteados onde o cabelo é puxado para trás, removendo as raízes dos fios do couro cabeludo. Dessa maneira, o ideal é diminuir a tensão no couro cabeludo e escolher penteados que evitem puxar o cabelo desde a raiz.

Contudo, a queda frequente do cabelo pode ocorrer quando houver uma excessiva tensão sobre o couro cabeludo e com isso novos folículos não se desenvolvem.

• Alopecia barbae

A alopecia barbae é um tipo de alopecia que influencia na perda da barba. Entretanto, essa condição não é tão extrema quanto os outros tipos de alopecia. Porém, ainda pode se resultar na perda de cabelo. Essa condição pode aparecer com pequenas manchas na barba e se resultar na perca total de pelos na área.

Contudo, a alopecia barbae está relacionada com o estresse psicológico e físico, auxiliando os níveis de estresse será possível ajudar na recuperação dessa condição.

• Alopecia androgenética

Normalmente conhecida como calvície feminina ou masculina, essa condição resulta nos homens o afinamento na coroa e nas linhas do cabelo. Já nas mulheres é raro a perda total dos cabelos. Porém, a tendência é afinar os fios de uma maneira geral. A progressão desta condição é lenta e pode durar décadas. Já que, ainda não foi encontrada uma cura para a alopecia androgenética.

• Eflúvio telógeno

Geralmente, esse tipo de alopecia é denominado por um trauma ou stress como uma doença grave, parto ou luto. Também, pode se resultar em uma excessiva queda de cabelo.

Esse tipo de condição pode ser temporário e a queda do cabelo é esperada. Se houver uma dieta nutritiva e balanceada poderá ajudar em um crescimento saudável. Porém, uma alimentação desiquilibrada com falta de vitaminas poderá impedir que o cabelo retome ao normal.

Saiba quais são as principais causas da alopecia

A alopecia pode aparecer por diversas situações como, estresse, micose no couro cabeludo, reação hormonal pós-parto, uso de medicamentos, deficiência de proteínas, biotina, zinco e ferro, uso de produtos químicos inadequados, lúpus eritematosos sistêmicos e doenças como hipotireoidismo, hipertireoidismo, líquen plano ou sífilis secundária.

Como identificar a alopecia

Para identificar a existência da alopecia é importante se atentar na perda de mais de 100 fios de cabelo. A queda excessiva de fios pode ser reconhecida ao encontrar muitos fios no travesseiro, ao lavar e pentear ou quando se passa a mão pelos fios.

Também, a alopecia pode ser identificada ao visualizar o couro cabeludo e regiões com nenhum ou pouco cabelo. Por ser mais comum na região da cabeça, essa condição pode afetar qualquer outra região de pelos no corpo.

Tratamento para alopecia

Ao descobrir a condição da alopecia o ideal é ir a uma consulta com dermatologista, para que seja identificada o tipo e qual tratamento específico e recomendado.

Para alguns casos mais graves, o uso de medicamentos orais ou tópicos podem favorecer o crescimento dos cabelos e prevenir a queda. Além disso, em casos leves o uso de ampolas, loção e suplementos alimentares podem ajudar no crescimento de pelos.

Tratamentos caseiro para a queda de cabelo

Acreditar em ingredientes naturais e receitas caseira para auxiliar na queda de cabelo pode ser uma boa opção no combate à alopecia. Alguns ingredientes podem ajudar a aumentar a circulação sanguínea da área afetada pela queda de cabelo. Também, podem acalmar a sensibilidade, melhorar e tonificar a resistência dos fios.

• Bardana

O óleo de bardana é muito utilizado para combater a queda de cabelo. Pois, ele acalma a sensibilidade de couro cabeludo, tem propriedades adstringentes e pode estimular microcirculação aliviando a coceira e equilibrando a produção de sebo.

O recomendado é diluir 3 gostas do óleo de bardana em 30 ml de shampoo neutro. Em seguida, lavar o couro cabeludo fazendo movimentos circulares e ao aplicar condicionador ou máscara desembaraçar os fios com os dedos.

• Feno-grego e óleo de coco

Este óleo essencial combate a queda e estimula o crescimento do cabelo, pois ele nutre a fibra capilar fortalecendo da raiz as pontas, o que se resulta em mais hidratação e volume.

O ideal é misturar 1 colher de sopa de óleo de feno-grego, com 1 colher de sopa de óleo de coco. Em seguida, misturar até que eles se complementem, aplicar diretamente no couro cabeludo e deixar agir por aproximadamente 1 hora e depois, lavar o cabelo como de costume.

• Proteína de arroz

A proteína de arroz tem um papel fortificante no desempenho do cabelo. Ela auxilia no aumento de volume, dá um efeito hidratante e suaviza o fio. Já que, essa proteína tem a capacidade de reter mais água no cabelo.

O recomendado é utilizar uma 1 gota do óleo de proteína de arroz ao creme de pentear de sua preferência e misturar até que tudo fique uniforme. Em seguida, dividir o cabelo em pequenas mexas e aplicar o produto em todo o cabelo.

Tratamentos naturais no mercado, prontos e eficientes

Outra opção é através do mercado de cosmecêuticos naturais. A Royal Drop tem surpreendido usuários com seu nível de entrega e eficiência. A marca tem investido pesado em qualidade, o que reflete no resultado obtido. O tratamento natural para alopecia da Royal Drop está disponível para venda e possui algumas facilitações de pagamento para aquisição. Você também pode acompanhar as redes sociais da marca Royal Drop para saber mais informações ou tirar dúvidas com os especialistas.